Descobre traição e atira a matar

Uma traição que, por milímetros, não acabou em tragédia. Um homem disparou dois tiros na direcção de um automóvel,estacionado junto à capela de S. Salvador, em Armil, Fafe, atingindo o casal que se encontrava no interior do carro.

Ao que o CM apurou, o atirador será o marido de uma mulher de cerca de 30 anos, que, naquele momento, se encontrava na companhia de um elemento do corpo activo dosBombeiros Voluntários de Fafe.

Tomado pelos ciúmes, o homem disparou, partindo doisvidros da viatura. De seguida, fugiu do local, sendo procurado pelas autoridades. A PJ de Braga investiga o caso.
Os tiros, presumivelmente de pistola, foram efectuados por volta das 23h00 de sexta-feira, tendo um deles atingido a mulher num ombro e outro rasgado um braço ao bombeiro. Ambos receberam ontem alta do Hospital de Guimarães.
Foi o próprio voluntário que telefonou a pedir socorro, tendo estado no local os Bombeiros de Fafe, a VMER de Guimarães, a GNR e, mais tarde, a Polícia Judiciária.
Imediatamente após os disparos, que foram seguidos, asvítimas abandonaram a viatura, que tinha os bancos reclinados,e esconderam-se nas imediações da capela, com receio de mais tiros.
No entanto, o atirador, que as autoridades ainda não identificaram, mas que suspeitam ser o marido da vítima do sexo feminino, colocou-se em fuga.
"Aquilo que nos parece é que os disparos foram feitos para atingir mortalmente a rapariga", disse ao CM fonte da investigação. A viatura foi apreendida pela PJ, para realização de exames periciais.
O Monte de S. Salvador, na freguesia de Armil, em Fafe, é um local isolado e onde, sobretudo à noite, costumam parar alguns casais de namorados.

 

Data da Noticia: 

Domingo, 2 Setembro, 2012