CÂMARA DE FAFE VAI AGRACIAR PADRE JOÃO MOTA COM MEDALHA DE PRATA DE MÉRITO CONCELHIO

 A Câmara Municipal de Fafe deliberou na sua última reunião atribuir ao Padre João Baptista Alves da Mota, actual Pároco de Golães, a Medalha de Prata de Mérito Concelhio, por proposta do presidente da autarquia e que foi aprovada por unanimidade.

O galardão será entregue ao agraciado na sessão solene do próximo dia 5 de outubro.

O pretexto próximo para a condecoração tem a ver com o facto de decorrer no próximo dia 15 a celebração das bodas de ouro sacerdotais daquele padre que se assumiu, no final da década de 1960, enquanto pároco de Antime, como um dos poucos clérigos que, no norte do país, empenhado na aplicação da doutrina social da Igreja, “profundamente ligado às lutas e aspirações do povo e dos movimentos sociais e sindicais, na defesa da liberdade e dos direitos sociais”, considera a proposta aprovada.

João Alves da Mota foi, na altura, precursor no concelho da criação de organizações da Juventude Operária Católica e Liga Operária Católica, sendo que, em defesa das populações e na luta pelos seus direitos e necessidades básicas, o padre arriscou muito a sua liberdade e contribuiu para a sua consciencialização social, através de inúmeras intervenções e iniciativas.

Muito na linha do seu pensamento e ação social, a sua intervenção em 1977 foi decisiva para a criação de uma das mais prestigiadas instituições do concelho, a Cercifaf, formalizada no ano seguinte.

Em resumo, o Padre João Alves da Mota, segundo o documento aprovado, “simboliza, em Fafe, o clero inconformado com a ditadura e comprometido com a luta pela liberdade, pela democracia, pela satisfação das necessidades básicas e direitos do povo”.

Data da Noticia: 

Terça, 14 Agosto, 2012