AD FAFE – 2 FC Infesta – 1

A A. D. Fafe alcançou a sua primeira vitória neste Campeonato ao vencer, em casa, o F. C. Infesta por duas bolas a uma, graças a Castro, que bisou na partida.

A A. D. Fafe teve uma entrada de rompante e praticamente no primeiro ataque, Tiago André cabeceou ao poste, após cruzamento de Filipe. Volvidos poucos minutos, de novo Tiago André, na sequência da marcação de um pontapé de canto, que cabeceou para uma grande defesa do guardião do Infesta, para canto.
A partir daí, a equipa da A. D. Fafe esmoreceu e as coisas começaram a não sair bem e mais uma vez, Tiago André, rematou por cima da trave, numa bola que sobrou na grande área.
O Infesta que só havia incomodado o guardião Pedro Freitas num livre direto, acabou por marcar, num lance dividido com Zé Manel, já no interior da grande área, o avançado visitante, descaído pela direita ganhou em esforço ou falta(?) com o defensor fafense e já de ângulo reduzido, atirou para o 0-1. A reação da A. D. Fafe continuava desafinada e já perto do intervalo, Filipe teve um remate cruzado, que saiu ao lado da baliza.

Na segunda parte, com a entrada de Traquina, a A. D. Fafe entrou com mais «gás» e caiu na área do F. C. Infesta, com sucessivos lances de perigo. Valente ameaçou com um remate fora da área, demonstrando qual seria o mote para a segunda parte. Apesar dessa entrada as coisas continuavam a não sair bem, até que aos 63 minutos, Agostinho Bento lança CASTRO em jogo e este jogador viria a ser o «Homem do jogo», pois volvidos dois minutos da sua entrada, consegue apanhar uma bola que sobrara da pequena área e com frieza, diblou um defesa e atirou para o empate. Foi o tónico para a reviravolta, com o mesmo CASTRO a “valer ouro” à equipa. Já fora da área Castro seguia com a bola em sucessivos dribles, ganhando também alguns ressaltos, já no interior da área descaído para a esquerda, Castro com um adversário à ilharga, e quando todos pensavam que o médio fafense teria perdido o esférico para o defensor, surge um remate cruzado e a explosão de alegria para o 2-1. Ainda faltavam alguns minutos para o final da partida e a A. D. Fafe ainda poderia ter dilatado o resultado, se Badará, que entretanto entrou na segunda parte, não tivesse o azar de atirar o esférico junto ao poste esquerdo, da baliza do Infesta. A vitória, essa, não fugiu à A. D. Fafe, que conquista assim os primeiros pontos neste campeonato.

Na próxima jornada, a A. D. Fafe desloca-se a Santo Tirso já com outro espírito e com ânimo suficiente para conquistar a vitória.

Data da Noticia: 

Domingo, 30 Setembro, 2012